Derrotanças, 2015 - 2018

Derrotanças surge como um desdobramento na pesquisa em Psicologia Social "Processos Psicossociais e Subjetivos do Remanejamento de Famílias de uma Área de Invasão para um Reassentamento Habitacional". A proposta desta pesquisa foi compreender as mudanças subjetivas implicadas na vivência de algumas famílias no processo de reassentamento habitacional. O primeiro levantamento teve início em 2014 e foi publicado no livro Mudanças em 2015. O Condomínio Vila Verde, localizado na divisa entre São José dos Pinhais e Piraquara, foi construído como forma de reassentar - entre os anos de 2014 e 2015 - indivíduos que habitavam as margens do Rio Itaqui. A região de preservação ambiental que sofreu ampla apropriação nas últimas décadas por famílias vindas de todo o Brasil, ainda abriga pessoas que se recusam ou, até mesmo, por questões burocráticas, permanecem no local. 

Tentando colocar as prenoções em suspenso e arriscar ir além do senso comum - que nos informa que nada poderia ser melhor para essa população do que poder viver no conforto e segurança de um condomínio – o que se encontra é um processo de mudança que por vezes se confunde com a sensação de derrota, fracasso. Daí o título do trabalho - “Derrotanças". Tal palavra brota da fala de uma das pessoas participantes da pesquisa, que relata com muito pesar a mudança no seu estilo de vida e as perdas que a mudança acarretou, o afastamento da natureza, a quebra dos vínculos solidários, a despersonificação.

cayo
vieira